quinta-feira, 21 de julho de 2011

Velas e Seus Significados

A vela tem um significado profundo e singelo ao mesmo tempo. Como só ilumina quando se consome, lembra nosso aniquilamento para ser luz do mundo: só poderemos fazer brilhar o Evangelho em nossas vidas se nos gastarmos por Cristo. Por isso, ela é usada em muitos atos litúrgicos e extra-litúrgicos.

Qual o sentido das velas do altar? 


     Nós as acendemos durante a Missa para mostrar que somos como elas, que se consomem quando prestam seu serviço. Assim devemos ser nós: cumprir nossa missão (a da vela é iluminar e aquecer) e, para isso, nos gastar (para iluminar e aquecer, a vela vai se consumindo, se destruindo). Mais ainda, a consumação da vela representa a entrega de Cristo por nós, pois foi morrendo que nos deu a vida eterna. Ora, a Missa não é justamente a Cruz tornada presente? Nada mais coerente do que ter as velas se consumindo no altar como lembrança do sacrifício que se realiza, como sinal do que está acontecendo. O "sacrifício" da vela é um símbolo do sacrifício de Jesus que se imola por nós na Missa. E também um símbolo dos nossos sacrifícios, meritórios se unidos ao de Cristo.

O mesmo pode ser dito da vela que se acende durante a Exposição do Santíssimo, uma vez que, embora não seja um sacrifício, continua a adoração que prestamos a Deus, iniciada na Missa: só há adoração a Cristo Eucarístico porque houve, em algum tempo, uma consagração mediante a qual se 
conseguiu o Corpo de Jesus a ser colocado no ostensório ou na âmbula. Essa prolongar da adoração, que une, misticamente, a Missa e a Exposição, é simbolizado pela vela.
Outrossim, ainda no uso litúrgico, a vela pode significar a iluminação, como quando o fiel a recebe em seu Batismo. De fato, pelo Batismo somos iluminados pela graça. Deus, a Luz verdadeira, vem em nossa alma morar.
Já a vela para devoção pessoal é uma faculdade, como toda oração privada, não oficial. Ainda assim, é sumamente recomendada que a usemos nas mais variadas situações - quer para simbolizar o sacrifício de Cristo, quer para significar a nossa consumação diante de Deus, quer, ainda, para representar a luz que de Deus procede (mesmo que mediante seus santos, e, sobretudo, a Santíssima Virgem). Podemos usá-la para o cumprimento de um voto feito a Deus ou aos santos.
Mas o santo só intercede por nós mediante o voto? Mediante a vela? Claro que não! O santo intercede com ou sem voto a ele feito. O voto é mais uma demonstração de nosso afeto, de nossa devoção, do que um condicionamento para a ação do intercessor. Mais uma gratidão do que uma recompensa (até porque o santo já tem a maior de todas as recompensas: a visão beatífica). A finalidade da promessa (seja ela de acender uma vela ou qualquer outra) é a nossa devoção, não um aumento da eficácia do santo.
Acender velas pelos mortos é um modo, outrossim, de, simbolicamente, 
desejar-lhes a luz, a Luz Eterna, que é Deus.



Vela Branca
A vela branca, é a cor da paz, da espiritualidade. Excelente para despertar a intuição a imaginação, a criatividade, a paz interior e a fertilidade. Ela purifica todo o organismo, ajuda na cura de doenças estomacais, do sistema linfático, e do sistema nervoso central .
Vela Laranja
Representa o ouro, a riqueza e  o Sol. Ajuda a proteger o coração, a coluna vertebral, e a fertilidade. É excelente auxiliar para quem espiritualizar-se e aumentar seu poder mental.

Vela Vermelha
A vela vermelha está  ligada à beleza física,a sensualidade, vitalidade e paixão. Traz vitalidade a todo o corpo, protege a cabeça, os órgãos sexuais, as vias urinárias, os rins, e a circulação sanguínea.. Ajuda a conectar com o chakra básico e com as forças terrestres.

Vela Amarela
É a vela da comunicação, nos traz ordenação de idéias, o raciocínio e a lógica. Protege os pulmões, a respiração, o sistema cerebral, e os intestinos. Ajuda a vencer a timidez e intensifica  a memória, também ajuda na cura de doenças psicossomáticas.
Vela Rosa


A vela rosa simboliza o amor e as relações de afecto intenso. Desperta a sensibilidade e os sentimentos puros. Protege a sensibilidade, o metabolismo, as funções renais, os órgãos sexuais femininos, a região lombar, e o cabelo. Esta ligada aos pedidos de amor, e união entre casais.
Vela Violeta
Violeta é a cor de Saint Germain, mestre ascensionado da Chama Violeta . Ajuda na purificação do ser. Aumenta a capacidade de sacrifício e a perseverança. Actua sobre o pâncreas e o metabolismo endócrino, na circulação arterial e depuração do sangue.

Vela Verde
Esta vela ajuda na realização de nossos sonhos e metas. E também a vela que desperta a vitalidade e recupera a energia vital, sendo aconselhável acendê-la quando nos sentimos exauridos e esgotados. Simboliza a estabilidade, a fidelidade,  a responsabilidade, a perseverança, a longevidade,  e o êxito na profissão.

Vela Azul
Azul claro, desperta interiorização, tranqüilidade, paz e harmonização. Eficaz na luta contra o medo. Protege a garganta, a laringe, a faringe, a tireóide e a nuca.

OBS:Lembre-se sempre de pedir somente coisas boas ao acender uma vela, 
Lembre-se, acenda a vela num local seguro, onde você terá a certeza de que não queimará mais nada, além da vela.
Não é aconselhável acender velas dentro de sua casa para pessoas que já morreram,o certo e acender na igreja.

O fogo ilumina, aquece, purifica, consome e destrói. Símbolo divino e diabólico, é intensamente usado no Antigo e no Novo Testamento. O mais importante é o fogo novo tirado virem da pedra na noite da Vigília Pascal. Ele é o Cristo, a nova e perfeita luz e daí o primeiro nome dos cristãos na Igreja primitiva , "os iluminados".

É usado no Círio Pascal, nas velas, na lâmpada do Santíssimo junto ao sacrário e na consagração do altar. As Velas têm o mesmo significado do fogo e do círio pascal. Para nós, cristãos, é o próprio Cristo. Acendem–se velas, cuja luz vem do desgaste da cera, para entes queridos mortos ou vivos ou para nós mesmos ou um santo por causa do Cristo que habita em cada um. Seu costume está ligado à festa judaica das luzes e surge em vários momentos do cristianismo. Vela é símbolo da luz, da alma individual e da relação entre espírito e matéria. Nas lendas a morte personificada tem poder sobre velas acesas, cada uma das quais representa uma vida humana.Já os romanos usavam velas durante o culto. No cristianismo, especialmente na Igreja católica, tem papel importante como símbolo da luz e da fé na Missa, enterros, em festas especiais e procissões. Santo Hilário de Poitiers esclarecia que a vela "é a luz radiosa das almas que resplandece pelo sacramento do Batismo". As duas velas ao lado do altar ( exigidas pelo Princípios e Normas do Missal n.79) segundo uma tradição,representam a alegria dos pagãos e do judaísmo pelo nascimento do Salvador; para os judeus segundo a palavra de Is 60,1, e para os pagãos segundo a afirmação do apostolo Paulo à Igreja de Éfeso 5,8.
Pe Luiz Morgano



Padre Zezinho, SCJ
Os que criticam o uso que nós, católicos, fazemos das velas, deveriam ler melhor suas bíblias. A mística da luz é muito forte no Antigo e no Novo Testamento. Até hoje, por exemplo, lembrança do judaísmo, o candelabro de sete velas carrega enorme significado. Todas as religiões valorizam a luz em forma de tochas, fachos, velas ou fogo. A questão não é, pois, usar ou não usar e, sim, como usar!
Recordemos que o uso das velas em muitas religiões é mística que atravessou séculos. A teologia da luz permeia todas as religiões do planeta. Sugere ortodoxia, doutrina certa, pureza, partilha e misericórdia. Por isso, sabendo que o fogo está ligado à morte e à destruição, mas também é purificação e vida; sabendo que a luz que vem das velas e das tochas mostra caminhos, todas as religiões valorizam o sinal que vem do fogo e da luz. Porque somos iluminados pelo sol, pela lua e pelas estrelas, as religiões passaram a ver sentido místico em tudo isso. Somos como estrelas, ou luas ao redor do grande Sol que é Deus.
Não é diferente no cristianismo, nem na Igreja Católica, onde Jesus nos diz que nós somos a luz do mundo e que nossa luz deve brilhar (Mt 5,14). Ele mesmo se apresenta como alguém que ilumina a vida dos homens e quer que façamos o mesmo (Mt 5,6; Jo 1,4; 3,19). E é por isso que acendemos velas e vemos sentido no gesto de uma vela que se apagou, curvar-se sobre outra para buscar mais luz. No gesto de iluminar nossas liturgias com muitas velas, estamos dizendo alguma coisa: queremos ser luzes e iluminar.
Somos uma religião que pretende ser igreja de iluminados e iluminadores; pessoas que iluminam e que se deixam iluminar; pessoas que se apagadas, buscam a luz do outro para acender-se outra vez, ou encontrando alguém apagado, levam luz a ele.
A idéia de luz na nossa Igreja e no cristianismo está ligada à idéia do missionário que vai iluminar caminhos; do educador; do professor; dos pais, cuja missão é esclarecer, tornar possível o caminhar. O que é mais: mostra as coisas à luz da nossa fé.
Quem acender uma vela no cemitério, no altar ou em casa para um momento de oração, lembre-se disso: foi Jesus quem disse “Vós sois a luz do mundo.”(Mt 5,14). Lanternas não levam, mas apontam o caminho para quem aceita ir!
Apenas, evite o exagero de pensar que, pelo tamanho da vela, ou pelo número delas vai conseguir mais graças ou milagres. Não é o tamanho do gesto e, sim, a intensidade e a pureza dele, que contam. Jesus elogiou a viúva que dava esmola no templo. Era pouco, mas era muito. (Mc 12,41-44). Leia o texto e entenderá o que realmente vale para Jesus!

Certamente não é a quantidade, nem o número de vezes que repetimos uma oração. Podemos até fazê-lo, mas não pensemos que o número de velas ou de preces determina a diferença. Jesus também fala disso, ao notar que os fariseus e os pagãos falavam muito e repetiam palavras à exaustão ( Mt 6,5-7), ensaiavam longas orações e praticavam injustiças em nome da fé ( Mc 12,40). Disse que a punição deles também seria grande… Não estavam lá para iluminar…
FONTE: Padre Zezinho, SCJ


VELAS NOS TÚMULOS 
Quando acendemos uma vela sobre a sepultura de alguém, isso significa que a pessoa ali sepultada tinha fé, vivia sua fé, irradiava luz com as boas obras que fazia. Significa também esperança de vida eterna. E, como a fé é vida em Deus, a vela acesa sobre o túmulo de um cristão significa também presença de Deus como o Candelabro de 7 braços no Judaísmo e usado por algumas igrejas Protestantes, a cruz e ou o peixe, símbolos do Cristianismo.

VELAS NAS IGREJAS
Jesus disse: "Onde houver dois ou mais rezando em meu nome, no meio deles estarei eu" (Mt 18,20). Por isso, toda vez que nos reunimos na igreja, na capela ou em casa para rezar, começamos por acender as velas, para significar a fé daqueles que rezam, para significar a presença de Deus em nossa vida e sobretudo a presença de Deus naquela oração. 


As velas podem ser perfumadas ou não, mas o aroma também deve ser escolhido de acordo com o fim desejado. Nunca se esqueça de colocar 2 copos com água ao lado de uma vela quando esta for para Anjos
O da direita lhe dará energias positivas e o da esquerda levará suas energias negativas. Acabando a vela, jogue o copo da esquerda em água corrente e peça que a água leve para bem longe as energias negativas e que as transforme ou as desintegre.


Indicações
- Branco: paz, pureza; aquisições espirituais mais elevadas;
- Vermelho: força, saúde, energia, vontade de viver, coragem, paixão,
potência sexual;
- Rosa: amor angelical, amor romântico e todos os sentimentos como: ternura, carinho...;
- Amarelo: confiança, criatividade artística, intelectualidade, para alguns; riquezas, encanto, poder mental...;
- Verde: esperança, abundância, sorte, generosidade, fertilidade;
- Azul: proteção mágica, inspiração, poder oculto, compreensão, verdade; é válido para todos os tons de azul que representa o próprio céu;
- Púrpura: sucesso financeiro, nobreza, força, idealismo.
- Dourado: sabedoria, influências superiores, nobreza espiritual e material;
- Prateado: remove as forças negativas e abre as portas do plano astral, dignidade.


CORES ZODIACAIS
Áries: vermelho em todos os tons, inclusive o carmesim e o escarlate; planeta Marte.
Touro: do verde pálido ao verde oliva das forças telúricas; planeta Vênus.
Gêmeos: amarelo; planeta Mercúrio.
Câncer: azul pálido e prateado; Lua.
Leão: laranja, vermelho e dourado; Sol.
Virgem: marron da terra arada e das folhas de outono; planeta Mercúrio.
Libra: azul rei e cor-de-rosa; planeta Vênus.
Escorpião: preto, vermelho, cinza prateado; planeta Plutão.
Sagitário: púrpura e azul-marinho; planeta Júpter.
Capricórnio: marrom escuro , cinza e preto; planeta Saturno.
Aquário: todas as cores claras, e também bastante colorido neste período; planeta Urano.
Peixes: verde-mar e malva; planeta Netuno.


Tempo da Páscoa ou Tempo Pascal vai do domingo da Páscoa até a Solenidade de Pentecostes (Festa do Espírito Santo). Durante este período, ocírio pascal (aquela vela grande que é acesa durante a Vigília Pascal, no Sábado de Aleluia) fica junto ao altar e sempre é aceso novamente durante as Santas Missas Batizados. Ele representa Jesus Ressuscitado, que é a Luz do Mundo!
Passemos à leitura de um artigo explicativo interessante:
EIS A LUZ DE CRISTO!
DEMOS GRAÇAS A DEUS!
Você já prestou a atenção naquela vela grande bem decorada sobre um belo e enfeitado pedestal? Você já percebeu como aquela vela traz uma série de sinais, números e letras? A GRANDE VELA é o CÍRIO PASCAL: simboliza, recorda, faz a memória da pessoa de Jesus Cristo ressuscitado.
O CÍRIO PASCAL é preparado, abençoado, aceso e conduzido para a Igreja na noite da Santa Vigília Pascal. A grande celebração da Vigília Pascal se inicia normalmente com a bênção do “FOGO NOVO”, fora do recinto da Igreja. Este FOGO NOVO, FOGO DA PÁSCOA, FOGO QUE QUEIMA, ILUMINA e AQUECE, recebe uma bênção especial, antes de ser aceso o CÍRIO PASCAL. É com uma chama do FOGO NOVO BENTO que o CÍRIO é aceso. Terminada a preparação do CÍRIO PASCAL, inicia-se a procissão para introduzi-lo solenemente no interior da Igreja. Apagam-se todas as luzes para deixar o ambiente completamente escuro e eis o significado
A Igreja toda às escuras simboliza o mundo em trevas, o mundo sem Deus, sem Jesus, sem o Evangelho. Nesta escuridão do mundo brilhou e brilha uma única luz verdadeira, a luz de Jesus ressuscitado, simbolizada pela Luz do CÍRIO PASCAL.
O CÍRIO, é aceso e elevado e apresentado aos fiéis reunidos através do cantor:"Eis a Luz de Cristo!" Os fiéis voltam-se para o CÍRIO, ajoelham-se e cantam:"Demos Graças a Deus!" O sacerdote prossegue até o centro da Igreja, faz novo anúncio e os fiéis respondem com o mesmo canto, em frente ao altar. O sacerdote coloca o CÍRIO num pedestal e incensa para significar a adoração que os fiéis prestam ao Ressuscitado. Logo a seguir, o sacerdote canta o "Exultet" (de alegria). Agora você pode participar de forma mais profunda da bênção do FOGO NOVO. Agora vamos ver o significado dos sinais, números e letras que decoram o CÍRIO PASCAL:
A CRUZ: A cruz encravada no CÍRIO, em geral de cor vermelha, lembra a Cruz de Jesus Cristo. Jesus e Cruz mantêm um vínculo indestrutível. Ao traçar a Cruz sobre o CÍRIO o celebrante diz: (no vertical) "Cristo, ontem e hoje, (no horizontal) princípio em fim".
AS LETRAS: As duas letras colocadas ao alto e embaixo da Cruz, o Alfa e o Ômega, são a primeira e a última letra do alfabeto grego. Ao cravar as duas letras o celebrante diz: "ALFA E ÔMEGA", quer dizer, "PRINCÍPIO E FIM".
O NÚMERO: O número 2008, que varia conforme o ano corrente, é a afirmação que Jesus é o mesmo, ontem, hoje e para sempre: O nº (2) A Ele e o tempo, o nº (0) é a eternidade, o nº (0) A glória e o poder e o nº (8) pelos séculos. Amém.
AS BOLINHAS (grãos de incenso): As cinco bolinhas que são afixadas à cruz, uma ao alto, outra ao centro, outra embaixo e as outras duas nos dois braços da cruz, simbolizam as cinco chagas de Jesus Cristo. O celebrante diz: (ao alto da cruz) "por suas Santas Chagas", (ao centro) "suas Gloriosas Chagas", (embaixo) "o Cristo Senhor", (à esquerda) "nos proteja", (à direita) "e nos guarde. Amém".


SIGNIFICADO DA CHAMA DA VELA

Vela que não acende prontamente = indica que o anjo pode estar tendo dificuldades para ancorar. O astral ao seu redor pode estar "poluído ou carregado"
Chama azulada = o anjo demonstra que, devido às circunstancias, seu pedido terá algumas mudanças Está lhe pedindo paciência, pois a realização de seu desejo já está à caminho. Indica a presença de Anjos e Fadas. É um bom sinal.

Chama amarelada = a sua felicidade está próxima.
Chama vermelha = o seu pedido está sendo realizado.
Chama brilhante = você está tendo êxito no seu pedido. O desejo ser-lhe-á concedido com muita segurança e sem obstáculos.
Chama que levanta e abaixa = você está pensando em várias coisas ao mesmo tempo. Sua mente pode estar um pouco tumultuada. Alerta para firmar o seu pedido.
Chama que solta fagulhas no ar = o anjo colocará alguém no seu caminho para comunicar o que você deseja. Poderá ter algum tipo de desapontamento antes do seu pedido ser realizado. Antes do seu pedido se realizar, você sofrerá algum pequeno aborrecimento.
Chama que parece uma espiral = seus pedidos serão alcançados, o anjo já está levando sua mensagem. Mas, cuidado, não faça comentários de seus desejos, pois tem gente por perto querendo atrapalhar os seus pedidos.
Pavio que se divide em dois = seu pedido foi feito de forma duvidosa, tente novamente.
Ponta de pavio brilhante = sorte e sucesso no seu pedido.
Vela que chora muito = o anjo sente dificuldades em realizar o seu pedido. Pois, você está muito emotiva, e sem forças.
Sobra um pouco de pavio e a cera fica em volta = o anjo pede mais oração.
Se a vela apaga, depois de acesa (sem vento por perto) = o anjo ajudará na parte mais difícil do pedido, o resto cabe à você resolver. Acenda mais duas velas, para reforçar o pedido.
Chama que se apaga várias vezes sem motivo = Esta é uma mensagem bem clara; o ritual deve ser interrompido nesse momento e repetido mais tarde.
Chama enfraquecida = é preciso reforçar o seu pedido.
Chama que permanece baixa = Indica que você não está bem, e há necessidade de elevar rapidamente o seu astral.
Chama que vacila = indica que o pedido se realizará, mas antes ocorrerá alguma transformação necessária.

Quando se acende mais de uma vela e uma das chamas está mais brilhante do que as outras = indica boa sorte.
Quando se acende mais de uma vela e, todas as chamas ESTÃO altas e brilhantes = erga as mãos para o céu e agradeça pela benção que está recebendo em seu pedido.
Quando a vela queima por inteiro = seu pedido foi plenamente aceito.
Quando a vela forma uma espécie de escada ao lado = indica que seu pedido está se concretizando.
Quando a vela termina de queimar e sobra cera esparramada no prato, sem queimar = existem energias negativas e obstáculos à concretização do seu pedido atrapalhando. Quando terminar de queimar, então acenda outra e agradeça ao seu Anjo.
Chama Nítida e Crescente = O pedido que fez será concedido, e de uma forma inesperadamente rápida.

Chama que emite Fagulhas = Significa que o pedido não está a ser bem recebido.
Chama que emite demasiada fumaça = Alguns problemas surgirão, mas a sua petição foi ouvida.
Amor = a chama pega na primeira tentativa, é nítida e sobe com força quando o amor vai ser correspondido.
Aprovar = a chama é nítida e cresce no sentido ascendente.
Vai casar? = a chama pega bem, dobra de tamanho visivelmente e, em certas ocasiões, observa-se que a ponta do pavio é mais brilhante.
Comprar = a chama é nítida e cresce quando anuncia uma boa compra.
Sinal de doença = a vela chora, desprende fumaça escura e espirra.
Algo vai demorar? = a chama arde debilmente; seu tamanho pode diminuir.

Êxito = a chama dobra de tamanho, é nítida e na ponta do seu pavio vislumbra-se uma cor mais brilhante.
Infortúnio = a vela chora, desprende fumaça negra ou espirra.
Tenha paciência = a chama arde nítida, mas não cresce.
Solidão = a chama arde débil e, às vezes, a vela chora.





   Veja o significado das formas das velas:                              



* Vela em par: ativa a energia do amor e do companheirismo








* Coração: estimula o amor





* Cifrão: traz prosperidade e dinheiro



* Casal: ativa o relacionamento sexual





      * Pirâmide: crescimento e prosperidade







      * Anjos: ativam o contato com o seu anjo da guarda

* Ideogramas ou palavras: estimulam o seu significado


*Estrela: sucesso, crescimento e prosperidade



* Sete dias: devoções e promessas.
http://x3b.xanga.com/c288167136460245115514/z151609148

3 comentários:

  1. OI.
    SE ALGUEM SABER O SIGNIFICADO....ACENTI UMA VELA E ELA QUANDO ESTA PELA MEDADE ELA SE DOBRA, MAS CONTINUA QUEIMANDO NORMAL COM A CHAMA ALTA E BRILANTE. SE TIVER UMA RESPOSTA ENVIE UM MAIL PARA BRUXINHAFE@HOTMAIL.COM

    ResponderExcluir
  2. Olha no meu ver.Quando acontece isto é porque a razão pela qual a vela foi acesa era muito forte.Daí a carga é pesada,se avela se apagasse era de se preocupar mais como continua acesa dificuldades virão mais vai dar tudo certo no final.

    ResponderExcluir
  3. Durante a procissão de sexta santa a minha vela quase se queimou por inteiro, ficou bem pequenina quase não dava para segurar e q cera derrita ficou td em volta desse toquinho de vela. Qual o melhor significado a se considerar?

    ResponderExcluir

SEJAM BEM VINDOS IRMÃOS, QUE A GRAÇA , PAZ E O AMOR DE CRISTO ESTEJAM SEMPRE CONVOSCO.